Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Desenho é Vida: Camila Cabral

Na série de posts Desenho é Vida vamos contar experiências legais de alunos e como o desenho faz parte do dia-a-dia. Conheça a história de Camila Cabral, aluna desde 2015.

Camila Cabral Hanazumi, artista e arquiteta, aluna do curso de Desenho Artístico.

Camila gostava de colorir desde pequena e começou a ganhar gosto pelo desenho quando estava na escola. Formou-se em Arquitetura. “Gostava de desenhar, fiz um teste vocacional e deu Arquitetura”.
Como arquiteta trabalhou com projetos de habitação popular, mas depois de se formar o desenho ficou um pouco de lado. Decidiu pausar a parte profissional para cuidar da parte pessoal e investir na vida familiar.

No entanto o desenho nunca ficou totalmente de lado, pois criava artesanatos: “Eu não pegava molde pronto, tudo era que eu desenhava”. Já fez sabonetes, costura, ponto-cruz, enfim, várias atividades por prazer próprio, às vezes com alguma venda. Ela diz que: “Até hoje quando eu quero uma coisa, eu não preciso comprar, eu vou lá e faço”.

Começou o curso de desenho em 2015:

Lembro quando começou a moda dos livros de colorir. Voltei à primeira fase da infância que foi colorir. De repente eu comecei a perceber que eu não queria só pintar, eu queria produzir. A mão começou a pedir. Lembrei do desejo da infância em que eu sempre quis fazer um curso de desenho. Foi aí que eu procurei vocês.

No Aulas de Desenho Sorocaba ganhou os campeonatos Livro que Virou Filme (março/2016) Crossover (dezembro/2015) e Pequeno Príncipe (outubro/2015)

Diz que é viciada em aprender. Gosta de aprender coisas diferentes, está sempre vendo vídeos e praticando. No curso de desenho também já passou por várias técnicas. “Em casa eu desenho todo dia” diz.

Começou a fazer o seu próprio planner e desenhar todos os dias. Gosta de fazer desde desenhos elaborados até desenhos mais simples. Quanto aos seus materiais e técnicas preferidos, ela diz: “Tenho facilidade com lápis grafite, mas o que eu amo mesmo é o lápis de cor“.

Camila também tem blog e  canal no youtube. Faz desenhos simples para mostrar que é possível qualquer pessoa aprender a desenhar. Camila conta que: “Para começar a desenhar não é preciso ter muitos materiais, nem muito dinheiro”.

Acompanhe o trabalha da Camila nas redes sociais: face, insta, blog e youtube.

As pessoas tendem a dizer “você nasceu com o dom”, mas na verdade é a dedicação constante que faz você aprender. “É com muito esforço, errando e apagando”, comenta.

Ela tem planos para aprimorar seus vídeos de desenho para o canal. “Não tenho pretensão de ser famosa. Se eu puder ajudar uma pessoa a desenhar eu já fico feliz. Eu ainda estou aprendendo também”, diz.

Camila também publica seus desenhos no instagram. Ela diz que é a sua rede social preferida para publicar os trabalhos, pois através das hashtags encontra pessoas com os mesmos interesses pelo mundo todo, diferente do facebook em que está restrita aos amigos que nem sempre tem os mesmos interesses.

“O desenho não faz parte da minha vida, o desenho é a minha vida”.


Se você também ama desenhar e quer saber mais sobre nossos cursos, entre em contato.